Skip to content
VM Samael Aun Weor: Gnose Psicologia Alquimia Astrologia Meditação Cabala
As grandes realidades do Espírito só podem ser experimentadas com a Conscięncia

O Cão

Imprimir E-mail
Por Editor VOPUS   
O Cão, O Melhor Amigo do Homem, Amizade

O Melhor Amigo do Homem

Sempre consideramos que no “ditado popular” se encerra uma grande Sabedoria Oculta. Por exemplo: na frase popular - “o cão é o melhor amigo do homem” - podemos encontrar que esta não só se refere ao fato concreto de que o cão nos serve como guardião, como animal de companhia, como pastor nos labores do campo ou como animal de tiro para trenós, como mascote ou como guia para uma pessoa cega, etc., senão que no fundo também se refere a um aspecto relacionado com o fundamento do desenvolvimento integral do ser humano porque ele representa, na simbologia ancestral, o instinto sexual, isto é, essa força eletromagnética e fohática que indômita advém em nossa psicofisiologia e que devemos aprender a conduzir sabiamente para conseguir o autodesenvolvimento, a consciência e o poder.

Nas diversas culturas que nos precederam no curso dos séculos, encontramos sempre este bom companheiro.O Cão, Instinto sexual, Cérbero, Xolotl, Quetzalcoatl

Na língua Náhuatl, “XOLOTL” significa, simultaneamente, “cão” e “gêmeo”. É o gêmeo de Quetzalcoatl (do Logos, do Cristo), é o despertador da Luz, da Estrela da Manhã. Não esqueçamos que o Pai Sahagún afirma que: “o Cão é o símbolo do FOGO de origem celeste”. É o instinto erótico, aquele agente extraordinário e maravilhoso que pode transformar-nos radicalmente.

Por isso o vemos em algumas pinturas de Teotihuacán levado por Quetzalcoatl em sua cesta e lhe assinalando o caminho. É que o cão sempre guia o Cavalheiro (Iniciado Gnóstico), conduzindo-lhe pelo estreito caminho que vai das Trevas à Luz, da Morte à Imortalidade. Acaso Hércules não teve que tirar Cérbero (o cão tricípite com cabeças chatas e pescoço rodeado de serpentes) de seu domínio plutônico? E o que diremos dos cães Ortros e Euritião, guardiões do rebanho de Gerião, o gigante de três corpos? Não são por acaso esses cães símbolos da paixão animal, e Gerião não é por acaso o Senhor do Tempo?

Não devemos esquecer, ao falar deste tema, que o austero guardião do Templo de Esculápio, na Roma Augusta dos Césares, era sempre um cão. E que os cães sagrados do Templo de Vulcano eram muito bem cuidados.O Cão, Instinto sexual, Cérbero, Dante

Também não esqueçamos do cão que aparece junto com a serpente, lambendo o sangue do touro, enquanto Mitra, com sua adaga, mata a Besta Bramadora e um escorpião morde o sexo do animal.

E como esquecer a lenda que nos relata a façanha de Orfeu adormecendo Cérbero com sua lira, quando desceu ao Tártaro para buscar Eurídice.

Ainda é possível apreciar, nas sepulturas reais dos antigos tempos, um cão aos pés da escultura do morto, símbolo infernal profundamente significativo.

O Dr. Fausto, ante os atônitos olhos do Conde Gaspar Moir de Locca, fez com que “Prestigiar”, seu misterioso cão, mudasse de cores (branco, amarelo e vermelho), exatamente as cores que vai tomando a Pedra Filosofal à medida que se vai sublimando e purificando o Trabalho na Grande Obra.

Em conseqüência, o cão participa da Magia e nos tempos antigos foi consagrado ao Deus Mercúrio.

O cão também representa a amizade e em seu aspecto oposto, os inimigos ocultos. Deixemos que o nosso próprio cão se alimente de sabedoria, amor, amizade, tal como Lebrel, o cão pertencente a Della Scala, Senhor de Verona e benfeitor de Dante.

 

O Cão, Instinto sexual, Cérbero, Dante
O Cão, O Melhor Amigo do Homem, Amizade
AddThis Social Bookmark Button
 
< Os Símbolos de Júpiter e Saturno   O Dragão: a reflexão logóica >

Conhecimento Universal

Ciência
Arte
Filosofia
Mística/Religião

Novas palestras - 2017:

conferencia 
JUNHO JULHO AGOSTO