Skip to content
VM Samael Aun Weor: Gnose Psicologia Alquimia Astrologia Meditação Cabala
Façam boas obras para que se cancelem suas dívidas

A Consciência

Imprimir E-mail
Por Samael Aun Weor   

A Consciência

A Consciência e o Despertar da Consciência

As pessoas confundem a Consciência com a Inteligência ou com o Intelecto e a quem é muito inteligente ou muito intelectual dão o qualifica¬tivo de muitoConsciente. Nós afirmamos que a CONSCIÊNCIA no homem é, fora de toda dúvida e sem temor de nos enganarmos, um tipo muito especial de "APREENSÃO DE CONHECIMENTO INTERIOR" totalmente inde¬pendente de qualquer atividade mental..

A faculdade da CONSCIÊNCIA nos permite o conhecimento de NÓS MESMOS.

A CONSCIÊNCIA nos dá conhecimento íntegro do que é, de onde se está, do que realmente se sabe, do que certamente se ignora.

A Psicologia Revolucionária ensina que só o próprio homem pode chegar a conhecer a si mesmo.

Somente nós mesmos podemos saber se estamos conscientes em dado momento ou não. Só a própria pessoa pode saber de sua própria Consciência, e se esta existe em um momento dado ou não.

O próprio homem, e ninguém mais que ele, pode dar-se conta por um instante, por um momento, de que antes desse instante, antes desse mo¬mento, realmente não era consciente, tinha sua Consciência adormecida; depois, esquecerá essa vivência ou a conservará como lembrança, como a recordação de uma forte experiência.

É urgente saber que a a Consciência no ANIMAL RACIONAL não é algo contínuo, permanente...

Normalmente a Consciência dorme profundamente no animal inte¬lectual, equivocadamente chamado homem.

Raros, muito raros são os momentos em que a Consciência está des¬perta;o animal intelectual trabalha, dirige automóveis, se casa, morre, etc., com a consciência totalmente adormecida, e só desperta em momen¬tos muito excepcionais.

A vida do ser humano é uma Vida de Sonho, mas ele crê que está desperto e jamais admitiria que está Sonhando, que tem a Consciência Dormida.

Boxeadores - Vida de Sonho - o mundo está Sonhando - Despertar Consciência Dormida

Se alguém chegasse a Despertar, se sentiria espantosamente enver¬gonhado de si mesmo, compreenderia de imediato sua palhaçada, seu ri¬dículo. Esta vida é espantosamente ridícula, horrivelmente trágica e rara-mente sublime.

Sw um boxeador Se um boxeador chegasse a despertar de repente em plena luta, olha¬ria, envergonhado, todo o honrado público, e fugiria do horrível espetácu¬lo ante o assombro das multidões adormecidas e inconscientes.

Quando o ser humano admite que tem a Consciência adormecida, podem estar seguros de que já começa a despertar.

As escolas reacionárias de psicologia antiquada que negam a existên¬cia da Consciência e até a utilidade de tal termo demonstram o estado de Sono mais profundo. Os seguidores de tais escolas dormem muito profun¬damente, em um estado praticamente infraconsciente e inconsciente.

Os que confundem a Consciência com as funções psicológicas, pensa¬mentos, impulsos motores e sensações realmente estão muito inconscientes, dormem profundamente. Os que admitem a existência da Consciência, mas negam completamente os distintos graus de Consciência, demonstra falta de experiência cons¬ciente, sonho da Consciência.

Distintos Graus de Consciência - Psicologia Revolucionária

Toda pessoa que alguma vez despertou momentaneamente sabe mui¬to bem, por experiência própria, que existem diferentes níveis de Consciência, observáveis em si próprio.

  • Primeiro: TEMPO. Por quanto tempo permanecemos conscientes?
  • Segundo: FREQUÊNCIA. Quantas vezes despertamos Consciência?
  • Terceiro: AMPLITUDE Y PENETRAÇÃO. De que se era consciente?

a Psicologia Revolucionária e Egos - Despertar Consciência a antiga Philokalia afirmam que, me¬diante grandes super-esforços de tipo muito especial, pode-se despertar a Consciência e torná-la contínua e controlável.

A Educação Fundamental tem como objetivo Despertar Consciência. De nada servem dez ou quinze anos de estudo na escola, no colégio e na Universidade, se ao sair das aulas somos autômatos adormecidos.

Não é exagero afirmar que, mediante algum grande esforço, o animal intelectual pode ser consciente de si mesmo apenas por um par de minutos.

É claro que nisto costuma haver raras exceções, que devemos buscar com a lanterna de Diógenes; esses casos raros estão representados pelos Homens verdadeiros: Buda, Jesus, Hermes, Quetzalcoatl, etc.

Estes fundadores de religiões possuíram Consciência contínua, foram grandes Iluminados.

Normalmente as pessoas não são conscientes de si mesmas. A ilusão de ser consciente de forma contínua nasce da memória e de todos os pro¬cessos do pensamento.

O homem que pratica um exercício retrospectivo para recordar toda sua vida pode realmente relembrar, recordar quantas vezes se casou, quan¬tos filhos teve, quem foram seus pais, seus professores, etc., mas isto não significaDespertar Consciência, é simplesmente recordar atos inconscien¬tes, e isso é tudo.

Despertar Consciência (Sonho, Estado De Vigília, Auto-Consciência e Consciência Objetiva)

É necessário repetir o que já dissemos em precedentes capítulos. Existem QUATRO ESTADOS DE CONSCIÊNCIA. Estes são: SONHO, estado de VIGÍLIA, AUTO-CONSCIÊNCIA e CONSCIÊNCIA OBJETIVA.

O pobre Animal Intelectual equivocadamente chamado Homem, só vive em dois desses estados. Uma parte de sua vida decorre no Sono e a outra no mal chamado estado de Vigília, o qual também é Sono.

O homem que dorme e está Sonhando, acha que Desperta pelo fato de regressar ao estado de Vigília, mas em realidade durante este estado de Vigília continua Sonhando.

Isto é semelhante ao amanhecer, se ocultam as estrelas devido à luz solar, mas elas continuam existindo ainda que os olhos físicos não as percebam.

Na vida normal, comum e corrente, o ser humano nada sabe da Auto-Consciência e muito menos da Consciência Objetiva.

No entanto, as pessoas são orgulhosas e todo o mundo se acredita Auto-Consciente; o animal intelectual acredita firmemente que tem Cons¬ciência de si mesmo, e de nenhuma maneira aceitaria que lhe dissessem que é um adormecido e que vive inconsciente de si mesmo.

Existem momentos excepcionais em que o animal Intelectual desper¬ta, mas esses momentos são muito raros; podem apresentar-se em um ins¬tante de perigo supremo, durante uma intensa emoção, diante de alguma nova circunstância, em alguma nova situação inesperada, etc.

Psicologia Revolucionária- como Despertar Consciência

É verdadeiramente uma desgraça que o pobre animal intelectual não tenha nenhum domínio sobre esses estados fugazes de Consciência, que não possa invocá-los, que não possa torná-los contínuos.

Entretanto, a Educação Fundamental afirma que o homem pode con¬seguir o controle da Consciência e adquirir Auto-Consciência.

A Psicologia Revolucionária tem métodos e procedimentos científicos para despertar Consciência.

Se queremos despertar Consciência necessitamos começar por examinar, estudar e depois eliminar todos os obstáculos que se apresentam em nosso caminho...

Samael Aun Weor, Educação Fundamental. Capítulo XXXVII. A consciência

A Consciência
A Consciência
AddThis Social Bookmark Button
 
< A morte mística   Evolução, Involução, Revolução >

Conhecimento Universal

Ciência
Arte
Filosofia
Mística/Religião

Novas palestras - 2017:

conferencia 
JUNHO JULHO AGOSTO